Segunda, 20 Setembro 2021 | Login
Praça Cayru recebe exposição ao ar livre

Praça Cayru recebe exposição ao ar livre

Lembra daquelas vaquinhas coloridas que se espalharam por Salvador há dois anos? Os mesmo produtores daquela exposição estão trazendo hoje para a cidade a mostra 17 ODS Para um Mundo Melhor, inspirada nos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) criados pela Organização das Nações Unidas (ONU). As obras serão exibidas na Praça Visconde de Cayru, no Comércio, até 12 de outubro.

O evento, gratuito, chega à cidade depois de passar por São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília, e tem 18 esculturas de globos terrestres ilustrados por artistas convidados. A 18ª criação é do baiano Menelaw Sete, convidado para pintar a peça que vai representar o "ODS 12 – Consumo e Produção Responsáveis: Assegurar Padrões de Produção e de Consumo Sustentáveis. Menelaw vai finalizar a pintura da obra na abertura da exposição, em uma live painting nesta segunda-feira (13), 9h30, transmitida pelo perfil @17odsparaummundomelhor, no Instagram.

"Fico muito lisonjeado nesta exposição, porque vivemos um momento em que o planeta está mesmo estagnado em sua essência, passando por um impacto ambiental negativo. Os recursos naturais estão escassos, florestas pegando fogo... Mas a exposição serve para alertar a sociedade", diz Menelaw, único baiano convidado. Ele foi um dos artistas locais que pintou uma vaca para a Cow Parade, em 2019.

Menelaw se diz preocupado com questões sócio-ambientais e faz recomendações de acordo com a ODS 12: "Ela trata de consumismo. Precisamos parar um pouco e consumir só o necessário. Isso vale para a luz, para a água potável... Fiz a opção pelo consumo responsável", revela o artista.

"Precisamos comer de forma ordenada porque as empresas e indústrias usam muitos agrotóxicos e isso deixa o solo infértil", alerta Menelaw.

A artista catarinense Giovanna Nucci, que vive em São Paulo, seguiu a ODS 6, sobre água limpa e saneamento. Ela diz que a experiência de participar da exposição lhe permitiu entender que pode, através da arte, motivar as pessoas a se conscientizarem sobre o planeta. "Trabalho basicamente com a fotografia, então fiz praticamente uma escultura fotográfica. Fiz um movimento virtual e pedi a pessoas que me enviassem algo que definisse o que é a água para elas", revela a artista.

Giovanna diz que realizou uma espécie de "escultura fotográfica". Para isso, colou no globo imagens que as pessoas enviaram, além de textos e peixinhos feitos de plástico reciclado.

Catherine Duvignau, CEO da Toptrends, empresa que organiza a exposição, diz que o objetivo da mostra é incentivar as pessoas a pessoas a se engajarem na implementação dos 17 ODS. “Através da arte, vamos convidar a todos a refletirem sobre o papel de cada um de nós na construção de um mundo sustentável e mais inclusivo”, diz.

Segundo a executiva, as empresas hoje estão muito dedicadas a questões ambientais. "Elas estão obrigadas a cumprir determinadas metas até 2030. Então, esta preocupação não é da boca pra fora. A Colgate, por exemplo, pretende, até 2025, usar embalagens recicláveis, pretendem ser pioneiros", revela Catherine, citando a patrocinadora da exposição.

Obras: Os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

ODS 1 – Erradicação da Pobreza | Artista: Coma Cost

ODS 2 – Fome Zero e Agricultura Sustentável| Artista: Alexandre Truff

ODS 3 – Saúde e Bem-Estar | Artista: Fabiano Al Makul

ODS 4 – Educação de Qualidade | Artista: Pomb

ODS 5 – Igualdade de Gênero | Artista: Priscila Barbosa

ODS 6 – Água Potável e Saneamento | Artista: Giovanna Nucci

ODS 7 – Energia Limpa e Acessível | Artista: Cris Campana

ODS 8 – Trabalho Decente e Crescimento Econômico | Artista: Beatriz de Carvalho

ODS 9 – Indústria, Inovação e Infraestrutura | Artista: Nando Zenari

ODS 10 – Redução das Desigualdades | Artista: Gabriele Rosa de Novaes

ODS 11 – Cidades e Comunidades Sustentáveis | Artista: MARAMGONÍ

ODS 12 – Consumo e Produção Responsáveis | Artista: Menelaw Sete

ODS 12 – Consumo e Produção Responsáveis | Artista: Mundano

ODS 13 – Ação Contra a Mudança Global do Clima | Artista: Fernanda Eva

ODS 14 – Vida na Água | Artista: Binho Ribeiro

ODS 15 – Vida Terrestre | Artista: Clara Leff

ODS 16 – Paz, Justiça e Instituições Eficazes | Artistas: Paola Lopes e Glauco Diogenes (GDS)

ODS 17 – Parcerias e Meios de Implementação | Artista: SHN

Serviço:

17 ODS para um Mundo Melhor

Abertura: 13 de setembro até 12 de outubro de 2021

Local: Praça Visconde de Cairu, Comércio, Salvador - BA

Grátis

Itens relacionados (por tag)

  • Bahia liderou a geração de energia eólica em julho

    A Bahia liderou a geração de energia eólica e ocupou o segundo lugar na fonte fotovoltaica (solar) em julho. Os dados são da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) e constam no informe executivo de energia eólica e solar de setembro, divulgados pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado (SDE) nessa sexta-feira (17). O Estado tem em operação 205 parques eólicos, que tem 5.260 Megawatt (MW) de capacidade instalada.

    “Já na energia solar, (a Bahia) conta com 34 parques fotovoltaicos em operação, com mais de três milhões de módulos em funcionamento e capacidade instalada em mais de 1 mil MW. O potencial de geração de energias limpas da Bahia é incrível pois geramos emprego e renda para o povo e receita aos municípios”, destacou o secretário de Desenvolvimento Econômico Nelson Leal. Somados, os empreendimentos nas duas fontes investiram R$ 25,7 bilhões na Bahia e deverão injetar cerca de R$ 30 bilhões em municípios baianos nos próximos anos.

    Ainda segundo a secretaria, a fonte eólica gerou mais de 78,8 mil empregos em toda cadeia produtiva e mais de 57,8 mil postos na construção dos parques eólicos que já estão em operação. A previsão é que sejam criados mais 69 mil empregos diretos e indiretos para os parques que estão em implantação ou com obra a ser iniciada.

    A energia solar abriu 13 mil empregos diretos na fase de construção dos parques que já estão em operação e estima criar mais 47,4 mil empregos diretos nos projetos em andamento. Em toda cadeia produtiva são promovidos 30 empregos por MW, 43% são empregos diretos durante a fase de construção dos parques.

  • Prefeito anuncia reforço da Guarda Municipal em pontos de ônibus

    Em coletiva virtual, realizada na manhã desta sexta-feira (17), o prefeito Bruno Reis anunciou que a Guarda Civil Municipal (GCM) vai atuar no reforço a segurança dos pontos de ônibus da capital baiana. As rondas iniciam já nesta sexta-feira (17).

    Os guardas estarão presentes nos equipamentos entre às 5h e 8h da manhã e, no início da noite, entre 17h e 20h. Segundo o prefeito, a medida visa proporcionar maior segurança nesses ambientes.

    Nosso objetivo é melhorar a segurança, dar mais conforto ao usuário, garantir economia e melhorias estéticas. Com o programa, estamos colocando dois postes em todos os pontos, reforçando assim a iluminação para os cidadãos que aguardam o transporte. Assim, a Prefeitura tem dado apoio na questão da segurança pública”, explicou o prefeito Bruno Reis.

    Além do reforço da GCM, o prefeito confirmou que vai modernizar, ampliar e tornar mais eficiente a iluminação dos equipamentos.

  • Bombeiros continuam a combater incêndios em várias áreas da Bahia

    O Corpo de Bombeiros atua em combate a incêndios em pelo menos nove áreas de vegetação em vários pontos da Bahia, nesta sexta-feira (17). Além disso, os bombeiros baianos prestam apoio para ajudar a conter um incêndio que acontece no Piauí.

    Em Luís Eduardo Magalhães, no oeste, o trabalho dos bombeiros continua às margens do Rio Cabeceira de Pedras. Um avião modelo Air Tractor realiza o combate aéreo e monitora possíveis novos focos na região.

    Também no oeste, em Barreiras, o combate às chamas continua na Serra do Saco (Povoado Sapé). Duas aeronaves modelo Air Tractor estão sobrevoando as áreas atingidas também para prestar apoio e monitorar a situação.

    Na região de Morpará, há situações distintas. Em Mundo Novo, o incêndio permanece controlado. Já nas Serras da Cascalheira e da Ema, assim como em Caxambeira o combate continua. O efetivo lo local foi dobrado e dois aviões modelo Air Tractors dão apoio também na área.

    Em Baianópolis, bombeiros especialistas em prevenção e combate a incêndios florestais foram deslocados para o combate na comunidade de Barbosa Há incêndios em andamento ainda em Mulungu do Morro, na Serra do Boqueirão, em Ituaçu, no Povoado da Lagoa Preta, em Tremedal, e em Guaratinga.

    Em Lençóis, na Chapada Diamantina, o monitoramento continua perto a uma vazenda. Em Oliveira dos Brejinhos, o iincêndio que acontecia já está controlado na localidade de Serra Passo do Cavalo.

    Por fim, bombeiros da Bahia atuam em um incêndio em São Raimundo Nonato (PI). Em Percata o monitoramento continua. Na região da Serra da Serra da Estação o incêndio está controlado.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.