Segunda, 20 Setembro 2021 | Login
Bahia exigirá investigação detalhada sobre morte de PM em Pernambuco, diz Rui

Bahia exigirá investigação detalhada sobre morte de PM em Pernambuco, diz Rui

O governador Rui Costa disse nesta terça-feira (17) que a Bahia vai exigir uma apuração cuidadosa das autoridades de Pernambuco sobre a morte de um policial militar baiano confundido com um criminoso em Petrolina, ontem. Rui classificou o caso de "um desastre".

"Não sei as circunstâncias detalhadas, mas um absurdo aquilo em Petrolina por conta de um erro cometido em ação da polícia pernambucana. A Bahia vai requerer que isso seja apurado detalhadamente. Assim como foi um policial, podia ser qualquer cidadão que foi alvejado sem, a princípio, uma reação. Pedimos à Procuradoria que faça os documentos e formalização para exigir do MP e governo de PE apuração detalhada", disse o governador.

Ele voltou a falar da morte de policiais na Bahia, dizendo que são vários fatores envolvidos na violência. "Os que morreram aqui, fica nossa indignação. São vários elementos que contribuem com aumento da violência. Facilidade de ter armas. Faciliade de alguém que é preso com fuzil é solta no Brasil. Me pergunto se na Inglaterra, Alemanha, Suíça, alguém é preso com fuzil e dias depois tá solto, circulando normalmente. As coisas no Brasil precisam mudar", insistiu.

O secretário da Segurança Pública, Ricardo Mandarino, também lamentou os casos. "Me solidarizar com a família do PM que foi morto por engano lá em Petrolina", disse. Ele ainda elogiou a Polícia Militar pela condução após a morte do tenente da Rondesp Mateus Grec, em Cosme de Farias.

"Quando um policial perde um colega, um amigo, é normal que eles fiquem abatidos. Se desestruturem emocionalmente e possam cometer excessos. Não que seja desejável, mas pode acontecer, porque é da natureza humana. Não justificando excesso que venha a ocorrer, porque trabalhamos para isso não acontecer", disse. "Em meio a todo aquele clima horroroso, eles se mantiveram equilibrados. Quero agradecer a Polícia Militar. Depois do episódio houve desdobramento, um dos bandidos reteve uma família inteira. Estava com um rifle. E no meio de todo aquele clima negativo, a polícia se comportou com maior equilíbrio, em nenhum momento saiu do protocolo. Demonstrou profissionalismo", destacou.

Morto "por engano"
O soldado da Polícia Militar da Bahia Joanilson da Silva Amorim morreu após ser baleado por três tiros, na noite desta segunda-feira (13), em Petrolina, no estado de Pernambuco. A cidade faz divisa com Juazeiro, no norte da Bahia, onde Joanilson era lotado, na 75°CIPM. O policial foi morto por engano por policiais civis de Pernambuco, que o confundiram com um criminoso.

O crime ocorreu nas proximidades da residência do policial militar da Bahia, no bairro Jardim São Paulo. Joanilson estava de folga, quando foi chamado por vizinhos, por volta das 18h, para ajudar na captura de suspeitos que fugiam após invadirem imóveis do bairro.

Após a chegada dos policiais civis de Pernambuco, o soldado Joanilson foi confundido com um dos criminosos, e foi baleado com três tiros, que atingiram cabeça, braço e perna. O policial não resistiu aos ferimentos e morreu por volta das 20h desta segunda.

Itens relacionados (por tag)

  • Bahia liderou a geração de energia eólica em julho

    A Bahia liderou a geração de energia eólica e ocupou o segundo lugar na fonte fotovoltaica (solar) em julho. Os dados são da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) e constam no informe executivo de energia eólica e solar de setembro, divulgados pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado (SDE) nessa sexta-feira (17). O Estado tem em operação 205 parques eólicos, que tem 5.260 Megawatt (MW) de capacidade instalada.

    “Já na energia solar, (a Bahia) conta com 34 parques fotovoltaicos em operação, com mais de três milhões de módulos em funcionamento e capacidade instalada em mais de 1 mil MW. O potencial de geração de energias limpas da Bahia é incrível pois geramos emprego e renda para o povo e receita aos municípios”, destacou o secretário de Desenvolvimento Econômico Nelson Leal. Somados, os empreendimentos nas duas fontes investiram R$ 25,7 bilhões na Bahia e deverão injetar cerca de R$ 30 bilhões em municípios baianos nos próximos anos.

    Ainda segundo a secretaria, a fonte eólica gerou mais de 78,8 mil empregos em toda cadeia produtiva e mais de 57,8 mil postos na construção dos parques eólicos que já estão em operação. A previsão é que sejam criados mais 69 mil empregos diretos e indiretos para os parques que estão em implantação ou com obra a ser iniciada.

    A energia solar abriu 13 mil empregos diretos na fase de construção dos parques que já estão em operação e estima criar mais 47,4 mil empregos diretos nos projetos em andamento. Em toda cadeia produtiva são promovidos 30 empregos por MW, 43% são empregos diretos durante a fase de construção dos parques.

  • Prefeito anuncia reforço da Guarda Municipal em pontos de ônibus

    Em coletiva virtual, realizada na manhã desta sexta-feira (17), o prefeito Bruno Reis anunciou que a Guarda Civil Municipal (GCM) vai atuar no reforço a segurança dos pontos de ônibus da capital baiana. As rondas iniciam já nesta sexta-feira (17).

    Os guardas estarão presentes nos equipamentos entre às 5h e 8h da manhã e, no início da noite, entre 17h e 20h. Segundo o prefeito, a medida visa proporcionar maior segurança nesses ambientes.

    Nosso objetivo é melhorar a segurança, dar mais conforto ao usuário, garantir economia e melhorias estéticas. Com o programa, estamos colocando dois postes em todos os pontos, reforçando assim a iluminação para os cidadãos que aguardam o transporte. Assim, a Prefeitura tem dado apoio na questão da segurança pública”, explicou o prefeito Bruno Reis.

    Além do reforço da GCM, o prefeito confirmou que vai modernizar, ampliar e tornar mais eficiente a iluminação dos equipamentos.

  • Bombeiros continuam a combater incêndios em várias áreas da Bahia

    O Corpo de Bombeiros atua em combate a incêndios em pelo menos nove áreas de vegetação em vários pontos da Bahia, nesta sexta-feira (17). Além disso, os bombeiros baianos prestam apoio para ajudar a conter um incêndio que acontece no Piauí.

    Em Luís Eduardo Magalhães, no oeste, o trabalho dos bombeiros continua às margens do Rio Cabeceira de Pedras. Um avião modelo Air Tractor realiza o combate aéreo e monitora possíveis novos focos na região.

    Também no oeste, em Barreiras, o combate às chamas continua na Serra do Saco (Povoado Sapé). Duas aeronaves modelo Air Tractor estão sobrevoando as áreas atingidas também para prestar apoio e monitorar a situação.

    Na região de Morpará, há situações distintas. Em Mundo Novo, o incêndio permanece controlado. Já nas Serras da Cascalheira e da Ema, assim como em Caxambeira o combate continua. O efetivo lo local foi dobrado e dois aviões modelo Air Tractors dão apoio também na área.

    Em Baianópolis, bombeiros especialistas em prevenção e combate a incêndios florestais foram deslocados para o combate na comunidade de Barbosa Há incêndios em andamento ainda em Mulungu do Morro, na Serra do Boqueirão, em Ituaçu, no Povoado da Lagoa Preta, em Tremedal, e em Guaratinga.

    Em Lençóis, na Chapada Diamantina, o monitoramento continua perto a uma vazenda. Em Oliveira dos Brejinhos, o iincêndio que acontecia já está controlado na localidade de Serra Passo do Cavalo.

    Por fim, bombeiros da Bahia atuam em um incêndio em São Raimundo Nonato (PI). Em Percata o monitoramento continua. Na região da Serra da Serra da Estação o incêndio está controlado.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.