Quinta, 02 Dezembro 2021 | Login
Bahia com Tudo

Bahia com Tudo

Marcelo Sant'ana é o novo presidente do Bahia. Em uma eleição histórica, democrática e bastante disputada, realizada neste sábado (13), na Arena Fonte Nova, o jornalista teve o maior número de votos e vai comandar o clube pelos próximos três anos (2015 - 2017).

O novo mandatário tricolor assume o clube após o rebaixamento à Série B do Brasileirão com uma gestão desastrosa do ex-presidente Fernando Schmidt. Sem técnico e com poucos jogadores no plantel, a primeira meta de Marcelo Sant'ana é montar uma nova comissão técnica, reestruturar o departamento de futebol e elenco para a disputa do Baianão e Copa do Nordeste 2015.

Além do dirigente, os tricolores puderam eleger também a nova chapa do Conselho Deliberativo do Bahia.

Uma matéria da Veja publicada neste sábado (13) aponta o ex-ministro das Cidades Mário Negromonte e o deputado Luiz Argôlo (SD-BA) como frequentadores "assíduos" do escritório do doleiro Albero Youssef, apontado como chefe de um esquema bilionário de corrupção e lavagem de dinheiro. De acordo com o texto, Negromonte estaria na folha de pagamentos do esquema da Petrobras e pagava parte do salário do irmão, Adarico – acusado de transportar valores ilegais para o grupo. O hoje conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios receberia mesadas quinzenais de R$ 150 mil, entregues por Rafael ângulo - o distribuidor da propina – em seu apartamento funcional da Câmara dos Deputados. Segundo a Veja, Negromonte nega conhecer Ângulo e, ao ser questionado sobre eventuais visitas, sugeriu que "dividia o apartamento com outro deputado". Luiz Argôlo também teria recebido grandes quantias enquanto participou do esquema. A publicação aponta que o parlamentar comparecia semanalmente ao escritório de Youssef e chegava a levar R$ 600 mil por vez. Além disso, Argôlo também recebia visitas de Ângulo em seu apartamento, onde o dinheiro ficaria escondido embaixo da cama. As informações constam em uma matéria que trata sobre o recebimento de propinas do esquema em domicílio, o que não se restringe aos políticos baianos. O tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, e a então governadora do Maranhão, Roseana Sarney (PMDB), também são citados. Como "homem das boas notícias", Rafael Ângulo teria levado pagamentos a capitais como Brasília, Recife e Maceió, além de países como Peru e Panamá, com as notas fixadas no próprio corpo com fita adesiva e filme plástico.

Citado em denúncia feita pela geóloga da Petrobras, Venina Velosa, como um dos envolvidos na Operação Lava Jato, que apura irregularidades na Petrobras, o deputado estadual Rosemberg Pinto (PT) declarou não ter nenhum envolvimento com o caso. Em nota, o parlamentar baiano rebateu as acusações publicadas na sexta-feira (12), pela Folha de S. Paulo, argumentando que, ao contrário do que foi noticiado, ajudou a coordenar uma comissão que detectou desvios.

“Com relação à notícia veiculada na Folha de São Paulo e repercutida no Jornal Nacional da Rede Globo, sexta-feira (12), o deputado estadual Rosemberg Pinto declara não ter qualquer envolvimento com as denúncias feitas pela senhora Venina Velosa contra o senhor Geovane de Moraes, relacionadas a desvios na Petrobras. Ao contrário, na ocasião coordenou uma comissão interna, composta por representantes da auditoria, do jurídico e do abastecimento, que apurou e detectou a existência de desrespeitos às normas e procedimentos da Petrobras. Lamenta, portanto, a vinculação do seu nome a estas denúncias”, declara Rosemberg Pinto em nota oficial.

O pontinho amarelo na areia estava quase imperceptível, nesta sexta-feira, na praia de Pipeline. no Havaí. Depois de vencer a primeira bateria da última etapa do Mundial de Surfe, Gabriel Medina foi cercado por um mar, não de água, mas de fãs. Brasileiros de todos os cantos do país se empurravam para conseguir uma selfie com o ídolo. Alguns fizeram sacrifícios até maiores: "Gabriel, eu gastei toda a minha poupança para estar aqui!", gritou uma senhora, arrancando um sorriso do surfista.

Tanta fama assim não é nada comum para atletas que vivem do mar. Mas Gabriel Medina teve que se acostumar rapidamente. Aliás, caiu na graça do público desde que se tornou o mais forte candidato ao título mundial deste ano. A taça inédita para o Brasil, aliás, já pode ser conquistada neste sábado. Basta que Kelly Slater e Mick Fanning sejam eliminados. O americano disputará a repescagem e, se passar, surfará a terceira rodada, enquanto o australiano só entrará no mar pela terceira rodada. 

Padrasto e treinador de Gabriel, Charles é o principal responsável pela concentração e foco do filho. Os dois têm ficado blindados em casa, sem acesso a imprensa e até aos familiares. "A gente não ganhou nada ainda, só passou uma fase que o resultado ainda não muda. A partir de agora começa a troca, e conforme a gente vai passando, é a mesma blindagem. A gente só vai se dar por satisfeito a hora que anunciar o título", declarou o "mentor" de Medina.

De fato, o jogo ainda não está ganho, já que Mick Fanning e a lenda do surf, Kelly Slater, ainda podem alcançar o brasileiro. O australiano também venceu a bateria no primeiro round e se garantiu direto no terceiro. Já Kelly sofreu uma virada dolorida no finzinho da bateria e foi para a repescagem.

Se, assim que saiu do mar, o americano tirou, melancolicamente, a lycra do campeonato, Medina mal conseguiu ir para o vestiário, já que posava para inúmeras selfies com um sorriso de orelha a orelha. Para alguns ali, a assinatura do novato na camisa já ocupou até o lugar do careca do espaço. "Desse tamainho Medina? Você é o maior, seu autógrafo tem de ser gigante!", disse ele ao som de uma gargalhada de Gabriel.

Feira de Santana, município baiano com o maior número de casos confirmados da febre (748), receberá R$ 400 mil.
O Ministério da Saúde destinou uma verba de R$ 12,3 milhões para ações de vigilância, prevenção e controle da dengue e febre chikungunya na Bahia. A decisão integra portaria publicada nesta sexta-feira (12) no Diário Oficial da União, segundo a qual todos os municípios brasileiros receberão uma parcela dos RS 150 milhões previstos ao combate das duas doenças no país.

Feira de Santana, município baiano com o maior número de casos confirmados da febre (748), receberá R$ 400 mil da verba destinada ao estado, enquanto Salvador (com 57 casos) receberá quase R$ 2 milhões.

De acordo com a pasta, ao receber as verbas, os municípios precisarão cumprir metas — como disponibilizar quantitativo adequado de agentes de controle de endemias, garantir cobertura das visitas domiciliares pelos agentes e adotar mecanismos para a melhoria do trabalho de campo.

Segundo boletim publicado pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesab), no último dia 10, desde setembro de 2014, quando o primeiro caso de chikungunya foi registrado na Bahia, já foram notificados 2.007 ocorrências da doença em 76 municípios. Procurada, a Sesab informou não ter posicionamento sobre como a verba será empregada no estado.

Além do adolescente, outro rapaz de 22 anos também morreu durante um suposto confronto na rua Alto do Tanque.
Wenderson Dias do Rosário, 15 anos, e Alisson de Jesus Conceição, 22, foram mortos durante um suposto confronto com a Polícia Militar, na rua Alto do Tanque, em Periperi. Na abordagem da 18ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Periperi), na noite da última quarta-feira, um outro adolescente de 14 anos foi apreendido.

Segundo a PM, a guarnição foi checar a denúncia de que um grupo armado andava pela rua. Os policiais, ainda segundo a versão da corporação, foram recebidos a tiros. Durante o tiroteio, Wenderson e Alisson foram atingidos; outros dois conseguiram fugir do local e um adolescente foi apreendido.

Os dois baleados foram socorridos na própria viatura da PM para o Hospital do Subúrbio, mas não resistiram aos ferimentos e morreram. O adolescente foi conduzido à Delegacia para o Adolescente Infrator (DAI), em Brotas. Com eles, a polícia apreendeu uma arma caseira e um revólver calibre 38, além de drogas.

De acordo com o comandante da 18ª CIPM, Eurico Silva, esse tipo de situação é recorrente naquela região. “Aquela área é meio conturbada. Esse homens trabalham para a traficante Nem Gorda. Como ela está presa, eles assumiram o tráfico no lugar dela”, explicou o comandante.

Até o fim da tarde da quinta-feira (11), os corpos dos mortos permaneciam no Instituto Médico Legal Nina Rodrigues (IML). O caso foi registrado na 5ª Delegacia (Periperi/ Praia Grande), mas já está sendo investigado pelo Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP).

O Natal deve ser mais uma data de tradição festiva para soteropolitanos e também turistas. Com esse foco, a prefeitura e a Arquidiocese de Salvador divulgaram, ontem, a programação especial que começa  hoje no Dique do Tororó, com a inauguração do presépio. Na semana de Natal, estão previstas apresentações  teatrais durante quatro dias em um palco flutuante e uma missa campal.

O Presépio do Salvador foi confeccionado pelo artista plástico Zaca Oliveira. É o segundo ano consecutivo que ele será instalado no Dique. Para o arcebispo de Salvador e primaz do Brasil, dom Murilo Krieger, o Natal também é uma data em que Salvador pode se consagrar como destino. “O que nós queremos é que o Natal seja muito valorizado, isso também para o nome da cidade, do ponto de vista do turismo é muito positivo”, disse.

Durante a coletiva, o prefeito ACM Neto destacou os investimentos que o poder municipal está fazendo para que a cidade seja um polo do turismo religioso. “Salvador tem um potencial enorme de estimular o turismo religioso. Para isso, nós precisamos ter equipamentos, infraestrutura e produtos, e esse é um trabalho que queremos contar com toda parceria e conhecimento da Igreja”.

Na encenação teatral desse ano, a prefeitura investiu R$ 700 mil. O prefeito também lembrou dos investimentos para o memorial de Irmã Dulce — cerca de R$ 2,5 milhões. As obras devem começar ainda este ano na parte externa e o projeto do memorial deve ser concebido e executado ao longo de 2015.

As apresentações teatrais no Dique vão acontecer nos dias 19, 20, 21 e 22, às 20h, com oito atores e 25 bailarinos. “Será a mesma apresentação todos os dias, com variações de participação. No dia 19, teremos a cantora Daniela Mercury e, no dia 22, dom Murilo também fará uma participação”, explicou o secretário municipal de Desenvolvimento, Turismo e Cultura, Guilherme Bellintani.

O espetáculo desse ano é dirigido por Ricardo Bittencourt. “O grande diferencial desse ano é a gente ter investido nos artistas locais, nos atores locais, na direção. É uma história antiga que estamos tentando contar de uma forma moderna, da nossa forma”, afirmou.

O Presépio do Salvadorterá foco na Sagrada Família, segundo Zaca Oliveira. As peças têm entre 2 e 4 metros de altura e retratam Maria, José, Jesus e os animais no nascimento de Cristo. Zaca destaca que o presépio está cada vez mais próximo da população. O trabalho, composto de seis peças e confeccionado com fibra de vidro e materiais ecologicamente corretos — a exemplo de tinta reciclada e palha —, fica montado até o dia 6 de janeiro.

A Arquidiocese também divulgou a programação de Natal na Catedral Basílica: no dia 24, a celebração inicia às 19h e será presidida por dom Murilo Krieger, que também preside, no dia 25, a Celebração Eucarística do Natal.

A Empresa americana de manutenção de motores de aeronaves Dallas Airmotive admitiu à Justiça dos Estados Unidos ter pagado propina a dois oficiais da Força Aérea Brasileira (FAB) e a um funcionário do gabinete do ex-governador de Roraima José de Anchieta Júnior (PSDB), de acordo com informações do Jornal da Globo.

Em comunicado divulgado na quarta-feira, o Departamento de Justiça dos Estados Unidos informou que a Dallas Airmotive pagará US$ 14 milhões de sanção penal por descumprir uma lei americana que versa sobre companhias do país que praticam corrupção no exterior.

A FAB informou que soube do caso pela imprensa e abriu processo para apurar os fatos. José de Anchieta Júnior disse que se informará sobre o assunto antes de fazer um pronunciamento. A empresa americana confirmou, em nota, o pagamento de suborno e atribuiu as ilegalidades a funcionários que já não estão mais na companhia.

De acordo com o Departamento de Justiça dos EUA, a Dallas Airmotive subornou funcionários da FAB e do gabinete do governo estadual de Roraima entre 2008 e 2012.

SAIBA MAIS
Foto: Vagner Rosario / Futura Press
"Roubaram orgulho dos brasileiros", diz PGR sobre Lava Jato
Foto: Twitter
MPF denuncia 35 na Lava Jato e quer R$ 1 bi de ressarcimento
O pagamento de propina era realizado em acordos com empresas de fachada, por meio de pagamentos a terceiros e mediante oferecimento de presentes aos funcionários, como pagamento de viagens de férias, segundo o comunicado.

Um escritório da Dallas Airmotive em Belo Horizonte realizada os contratos de serviços da empresa com clientes comerciais e governos da América Latina. A filial brasileira ainda não se pronunciou sobre o assunto.

O corpo do policial Diogo Santos Freire, de 29 anos, morto depois a um assalto a ônibus, foi enterrado na tarde desta quinta-feira (11), no cemitério do Campo Santo. Cantando o hino da Polícia Militar, ex-companheiros de serviço de Diogo conduziram o caixão sob a comoção de parentes e amigos.

Familiares, amigos e pessoas próximas ao policial rezaram e ouviram os juramentos de despedida realizados por representantes da corporação. A mãe da vítima precisou ser amparada por outros familiares e teve dificuldade em controlar as emoções.

Segundo policiais que trabalhavam com Diogo, ele foi um policial que respeitava a comunidade em que vivia, prezava pela ética e pela boa conduta na profissão, além de um amigo sempre que solicitado.

Diogo Santos Freire foi o 28º policial assassinado em 2014. As investigações sobre o caso já apontam os suspeitos, e o comando geral da PM acredita divulgar os nomes ou apresentá-los presos em no máximo dois dias.

O Positivo S480 é, definitivamente, o melhor feito da fabricante brasileira no mundo dos smartphones. Em sua confecção, a Positivo tomou algumas boas decisões acertadas: acertou nos componentes internos, aceitou no Android “quase puro” e acertou ao colocá-lo nas prateleiras com ótimo custo-benefício. O S480, no entanto, não é perfeito, e enfrenta dura competição de queridinhos como o Moto G e o novato Zenfone 5, que oferecem bom desempenho a preço baixo de R$599,00.

Design

O S480 é um smartphone sóbrio. Ele é um carinha bonito, mas não é do tipo que chama a atenção por escolhas inovadoras de design. O S480, embora carregue uma razoável tela de 4,5 polegadas, não é um aparelho largo. Isso porque, mais ou menos como aconteceu com os iPhone 5 e iPhone 5S, a Positivo optou por “esticar” seu smartphone e poupar as laterais. No fim das contas, a pegada é ótima, apesar de às vezes gerar a sensação de que o aparelho é um pouco mais alto do que deveria. A vantagem? Ele é super confortável para se usar com uma só mão.

Um ponto negativo do S480 é o aproveitamento das laterais. Num mercado em que a tendência é aproveitar cada espacinho criado e ocupá-lo por telas cada vez maiores, a Positivo deu uma escorregada. O smartphone, na parte frontal, tem duas grandes faixas subutilizadas na parte de cima e na de baixo. A inferior explica-se: foi lá que a fabricante colocou os botões capacitivos, sensíveis ao toque, em vez de posicioná-los na própria tela como uma parcela da concorrência faz.

A tampa traseira do S480 é removível, e há três opções de cores para a troca: uma em preto fosco e duas metalizadas (uma prata e outra bordô). O encaixe dessas tampinhas é bom, mas não passa ao usuário a sensação de carregar um aparelhos de corpo único como vemos no Moto G, por exemplo.

Um detalhe interessante: a faixa lateral "metálica" que envolve o celular é, na verdade, feita de plástico. O material imita uma espécie de aço escovado, uma estratégia que não é inédita no mercado e dá um visual mais interessante aos smartphones básicos e intermediários. Falando em visual, outro ponto positivo é o fato de as duas entradas de chip SIM e a de cartão de memória (o S480 aceita cartões microSD) estarem "escondidas" sob a tampa traseira, o que contribui para um visual mais clean.

Desempenho

Desempenho: eis o quesito que garante uma boa nota em custo-benefício para o aparelho. A Positivo fez boas escolhas tanto para hardware quanto para software, o que gera um desempenho satisfatório mesmo rodando jogos pesados.
O S480 carrega a versão 4.4 KitKat do Android. Com o lançamento do Android 5.0 Lollipop, ela deixou de ser a mais atual (e a mais bonita também), mas tem a vantagem de ser leve e rodar bem mesmo em dispositivos mais modestos. Dito isso, há outro ponto a ser considerado e que garante um celular bacana: a Positivo fez pouquíssimas mudanças no Android original, deixando-o praticamente "puro".
saiba mais
Confira o review completo do novo Moto G
Leia a análise do Zenfone 5, da Asus
Conheça o app que promete melhorar o desempenho do Android
A opção pelo Android "puro", com poucas modificações de interface e próximo do que o Google planejou ao desenvolver o sistema, geralmente garante um aparelho mais leve e livre daquelas personalizações e funcionalidades extras incluídas pelas fabricantes. E o S480 é um bom exemplo disso: ele tem toda a "carinha" do Android original, mais ou menos como vemos nos aparelhos Nexus e nos smartphones atuais da Motorola.
Como nem tudo é perfeito, a Positivo inclui, sim, algumas pequenas modificações. Há alguns demos de joguinhos da Gameloft, o Opera Mini pré-instalado e o antivírus McAfee. Fora isso, há novidades como uma central de notificações mais recheada, por exemplo, mas nada que torne o sistema irreconhecível.
Em relação ao hardware, o S480 conta com um processador MediaTek. Trata-se de um quad-core de 1,3 GHz, que vem acompanhado de 1 GB de RAM. Completam as especificações os 8 GB de memória interna, que podem ser expandidos via cartão microSD.
Durante os nossos testes, o S480 apresentou um desempenho bastante justo. Ele deu umas leves engasgadas aqui e ali, mas rodou bem a maior parte dos aplicativos testados - e a lista inclui jogos mais pesados, como Asphalt 8: Airborne. Ele não tem desempenho comparável aos grandes tops do mercado, mas também não faz feio. É aquele clássico: para quem quer ler e-mails, navegar na Internet e acessar redes sociais, ele é mais do que suficiente.

Tela

No quesito tela, o S480 acertou nas cores, no contraste, no brilho... E abriu mão de uma boa resolução da tela. O celular, com sua tela de 4,5 polegadas, carrega uma resolução de 480 x 854 pixels, inferior à de boa parte da concorrência. O Moto G, por exemplo, tem tela HD (720 x 1280 pixels), assim como o Zenfone 5.

O que isso quer dizer na prática? É possível enxergar os pixels, aqueles pequenos quadradinhos que compõem a tela, a olho nu com certa facilidade. Isso só se torna realmente um problema na hora de ler textos com fontes pequenas ou para enxergar detalhes de uma foto, por exemplo. Por outro lado, a tela do S480 tem a vantagem de ser IPS LCD e garantir bons ângulos de visão.
Câmera

Se a Positivo economizou na tela, ela até que fez bonito na câmera. O sensor e lentes do S480 são fabricados pela Sony, o que já dá a garantia de obter imagens do mínimo razoáveis. A câmera tem 8 megapixels de resolução, e vem acompanhada por um flash LED duplo, que dá conta do recado.

Durante nossos testes, tivemos ótimos resultados em cliques sob luz natural. Em ambientes internos, a câmera não se saiu tão bem, apresentando imagens desfocadas ou muito escuras no modo automático. Vale lembrar que estamos falando de um smartphone de R$ 599, o que gera um custo-benefício neste quesito bastante surpreendente.

Custo-benefício

Falando em custo-benefício, é inegável que esse é mesmo o ponto forte do S480. Para se equiparar à concorrência e atrair o consumidor para a marca nacional, a Positivo colocou preços bem agressivos no modelo. Com preço sugerido de R$ 599 no kit com as duas capinhas extras, o Positivo S480 escorrega aqui e ali, como na tela de baixa resolução e no design "careta", mas tem suas vantagens inegáveis.
Para os dispostos a dar uma chance, nos nossos testes chegamos à conclusão de que o Positivo S480 vale o que custa. É um aparelho justo a um preço justo e, embora não seja a melhor opção na sua faixa de preço, deve ser levado em consideração pelo consumidor.