Quarta, 28 Fevereiro 2024 | Login
Vitória deve disputar Campeonato Baiano ainda sem estrela no uniforme

Vitória deve disputar Campeonato Baiano ainda sem estrela no uniforme

O escudo do Vitória passará a ter uma estrela dourada em alusão ao título de campeão da Série B do Brasileiro 2023. A inclusão foi decidida por 87% dos votos de sócios do clube em enquete realizada no site oficial. No entanto, o torcedor pode precisar esperar um pouquinho para ver o time do coração entrar em campo com o uniforme atualizado com a conquista.

Por decisão dos sócios, escudo do Vitória passará a ter estrela dourada em alusão ao título de campeão da Série B do Brasileiro 2023

De acordo com o diretor de marketing do Vitória, Bruno Carvalho, existe a possibilidade de o Leão disputar o Campeonato Baiano ainda sem a estrela acima do escudo. O estadual 2024 começa em 14 de janeiro.

“Ainda não tem nada definido, mas a estrela deve ser aplicada no novo enxoval. Bem pouco provável acontecer no Baiano, pois o Baiano geralmente é disputado com o enxoval da temporada anterior”, afirmou ao CORREIO.

Carvalho explica que a inclusão da estrela provoca modificações no escudo que exigem ações a serem cumpridas.

“Precisa haver todo um processo antes. Comunicar ao Conselho, documentar que foi aprovado, fazer um redesign do escudo, precisa submeter à CBF. Existe um estudo que envolve muita coisa. Não é algo tão rápido”, afirmou o dirigente rubro-negro.

Diante disso, o clube ainda não definiu uma data para iniciar a venda de uniformes oficiais com a estrela dourada. “Não tem previsão ainda. Temos layouts e modelos de camisa desenhados, mas sem aplicação de estrela”, disse Bruno Carvalho.

 

Itens relacionados (por tag)

  • Em treino único antes de pegar o Fluminense, Bahia tem presença de Cauly

    O Bahia mal teve tempo para lamentar a derrota contra o Palmeiras e já tem um novo compromisso pela frente, diante do Fluminense. O tempo entre os jogos foi tão curto que os tricolores fizeram a preparação para a partida em apenas um dia. O elenco ganhou folga no domingo e trabalhou na tarde desta segunda-feira sob o comando de Rogério Ceni na Cidade Tricolor.

    A boa notícia desta segunda-feira é que Cauly participou normalmente das atividades em campo. De acordo com apuração do ge, o meia está relacionado para a partida desta terça-feira, contra o Fluminense.

    Por outro lado, Rogério Ceni não deve contar com Rafael Ratão e Raul Gustavo. O atacante fez atividade física especial na academia, e o zagueiro realizou tratamento na fisioterapia.

    Rogério Ceni dividiu os jogadores em dois times e realizou uma atividade em campo reduzido com foco na troca de passes, desarme e ocupação de espaços. O meia Jota, do sub-20, também treinou com o elenco profissional nesta segunda-feira.

    Com o retorno de Cauly, a tendência é que o Bahia seja escalado com: Marcos Felipe; Gilberto, Kanu, Gabriel Xavier [Vitor Hugo] e Camilo Cándido; Rezende, Yago Felipe e Thaciano; Cauly, Biel e Everaldo.

    Bahia e Fluminense se enfrentam às 19h desta terça-feira, na Arena Fonte Nova. Saiba como garantir ingressos para a partida válida pela 31ª rodada da Série A.

  • Dono do terceiro ataque mais poderoso da Série B, Vitória vai encarar a segunda melhor defesa da competição

    O poder de fogo do Vitória é o terceiro melhor da Série B do Brasileiro. Com 42 gols marcados, o rubro-negro só não é mais ofensivo do que o Sport, dono de 49 gols, e o Atlético-GO, que marcou 44 vezes. No domingo (15), o Leão terá a chance de melhor essa estatística. Às 18h, o time comandado por Léo Condé enfrenta o Guarani, no Barradão.

    Só que para tentar se aproximar dos times goiano e pernambucano na artilharia, o Vitória vai precisar passar pelo bloqueio de um rival que tem a zaga bem postada. O Guarani tem a segunda melhor defesa da Série B.

    Foram apenas 23 gols lamentados em 31 jogos disputados. Três a menos que o Vitória, que sofreu 26 e aparece em 5º lugar no ranking. E quatro a mais que o Vila Nova, que levou 19 e tem o melhor desempenho defensivo da competição.

    Adversários diretos na luta pelo acesso à Série A, Vitória e Guarani se enfrentam para travar forças no G4. Líder com 58 pontos, o rubro-negro já tem o topo da tabela garantido mesmo em caso de derrota porque nenhum time tem como ultrapassá-lo ao final da 32ª rodada. No entanto, o Leão quer voltar a ter folga para o segundo colocado e precisará vencer para conseguir nova tranquilidade.

    Com 54 pontos e na quarta colocação, o Guarani luta para manter no G4. A equipe paulista pode ser ultrapassada por três adversários que estão após ele na tabela de classificação: Atlético-GO, Novorizontino e Criciúma, 5º, 6º e 8º colocados, respectivamente. O Mirassol, em 7º lugar com 52 pontos, já entrou em campo nesta rodada.

    TREINO

    Na tarde desta quarta-feira (11), o elenco do Vitória realizou o segundo treinamento focado no jogo contra o Guarani. O técnico Léo Condé fez um treino tático de posicionamento com os jogadores titulares. Depois, eles também fizeram atividades para aprimorar o trabalho de ataque contra defesa. O elenco rubro-negro volta a treinar na manhã de quinta-feira (12).

  • Após tropeços e triunfo, Bahia vai encerrar maratona de duelos diretos contra o Z4

    O calendário do Bahia vem agitado desde o início de setembro, com uma sequência quase ininterrupta de confrontos diretos contra a zona de rebaixamento do Brasileirão. Mas a maratona vai, enfim, dar uma trégua. Neste fim de semana, o Esquadrão enfrenta o último adversário do fim da tabela - ao menos, por um tempo: o Goiás.

    A partida está marcada para o próximo sábado (7), às 16h, no estádio da Serrinha, pela 26ª rodada da Série A. Será o quarto rival do Z6 em cinco partidas seguidas. Antes, a dura jornada de 'jogos de seis pontos' teve encontros com o Vasco (17º colocado, com 26 pontos), o Coritiba (20º, com 17 pontos) e o Santos (15º, com 27). E o retrospecto preocupa.

    Foram duas falhas ao longo dessas missões, ambas em casa: empate em 1x1 com o cruz-maltino - que marcou a despedida do técnico Renato Paiva - e a derrota por 2x1 para o Santos. Entre os dois duelos, um alento: o Bahia ganhou do Coritiba por 4x2, fora de casa. Ainda houve a derrota para o Flamengo por 1x0, no Maracanã, mas o rubro-negro é o 5º e briga na primeira metade da tabela.

    Para sair do sufoco

    Neste momento, o Bahia é o 18º colocado, com 25 pontos, enquanto o Goiás tem 27 e é o primeiro fora do Z4. Ou seja, se ganhar, o tricolor vai aos 28 e já garante ao menos uma posição a mais, superando o próprio Esmeraldino.

    Mas dá para ir além. Com o possível triunfo, há a chance de terminar a rodada até três colocações acima, em 15º. Só que, para isso, é preciso secar também o Vasco e o Santos. O cruz-maltino é o 17ª, com 26 pontos, e recebe o São Paulo em São Januário às 18h30 do sábado (7). Assim, só pode, no máximo, empatar.

    Já o Peixe é o 15º, com 27 pontos, e precisa ser derrotado para que o Bahia ultrapasse. No domingo (8), às 16h, o alvinegro terá um confronto duro: clássico contra o Palmeiras, o 4º colocado, na Arena Barueri.

    No primeiro turno, Bahia e Goiás empataram em 1x1 na Arena Fonte Nova, em um duelo morno e com poucas oportunidades. Everaldo abriu o placar e Bruno Melo deixou tudo igual, ainda no primeiro tempo.

    Depois de pegar o Esmeraldino, o tricolor só enfrentará um rival do Z6 do Brasileirão na penúltima rodada: o América-MG, atualmente o 19º, com 18 pontos. Já os próximos dois desafios serão em casa, e contra equipes do meio da tabela: Internacional (14º) e Fortaleza (9º).

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.