Quarta, 28 Fevereiro 2024 | Login
Saiba quem era o cantor gospel Pedro Henrique, morto após passar mal em show

Saiba quem era o cantor gospel Pedro Henrique, morto após passar mal em show

O cantor gospel Pedro Henrique morreu após sofrer um mal súbito durante apresentação em Feira de Santana (BA), cidade localizada a aproximadamente 120 quilômetros de Salvador.

O artista era casado com Suilan Barreto e deixa uma filha de menos de 2 meses de idade.

Veja o perfil do cantor:
Pedro Henrique tinha 30 anos e nasceu no dia 24 de julho de 1993 no município de Ubaitaba, no sul da Bahia e a cerca de 250 quilômetros da capital do estado.

Quando criança, sua família se mudou para Barueri, na Grande São Paulo, onde viveram até o início da adolescência do artista. A família, então, voltou para a Bahia, mas passou a morar em Porto Seguro, a cerca de 330 quilômetros da cidade natal de Pedro Henrique.

Ele era formado em sistema de informação e, antes de entrar para a música, trabalhou em uma multinacional.

Início na música
Em janeiro de 2022, em entrevista a um podcast, Pedro Henrique relatou que desde sua infância cantava em igrejas evangélicas, mas nunca profissionalmente.

Segundo ele, após ser demitido da multinacional onde trabalhava, pediu ao pai que lhe desse um tempo de aproximadamente um ano para que tentasse a sorte na carreira musical.

“Naquele ano eu comecei a gravar covers na internet. Eu ganhei um celular novo que veio com um aplicativo de juntar vozes. Aí eu gravei um vídeo que era tipo um coral comigo mesmo. Gravei e postei. O vídeo viralizou no Facebook. Eu ganhei muitos seguidores. Vi que por ali eu poderia propagar meu trabalho”, contou.

“Até que um dia um produtor musical do Rio me encontrou na internet e me fez um convite”, acrescentou.

Segundo o artista fez a ele um convite para participar de gravações. Foi quando ele decidiu se mudar para o Rio de Janeiro, pois, segundo ele, haveria pouca oportunidade para ele na música se continuasse morando na Bahia. Chegou a ter uma banda, mas iniciou carreira solo em 2019.

Fenômeno na internet
Pedro Henrique atingiu um grande alcance pela internet, seja com covers ou músicas próprias. Somente no YouTube, o canal do artista tem 287 vídeos e chega a quase 200 milhões de visualizações. Seu vídeo mais visto da plataforma é uma versão da música “Vai Ser Tão Lindo”, de Misaias Oliveira, com 34 milhões de visualizações.

No Instagram, tinha 1 milhão de seguidores. No Spotify, tinha quase 300 mil ouvintes mensais.

Nas redes sociais, além de mostrar seu trabalho, costumava postar fotos e vídeos de sua rotina, com imagens da família, de viagens e de participações em cultos.

Família
O artista se casou em março de 2018 com a maquiadora Suilan Barreto.

No dia 19 de outubro, a filha do casal, Zoe, nasceu prematura, após pouco mais de sete meses de gestação. Pedro Henrique morreu quase dois meses depois do parto da mulher.

Nas redes sociais, o artista afirmou que a esposa já havia passado, em 2021, por um aborto espontâneo.

Mal súbito durante show
Pedro Henrique passou mal durante o show que fazia em Feira de Santana na noite de ontem. Pouco antes da apresentação, ele postou em seus stories, do Instagram, vídeos e fotos dele e da equipe durante o deslocamento para a cidade baiana e no hotel onde ficou hospedado.

Os médicos suspeitam que o músico tenha sofrido um infarto, mas o laudo com a causa oficial do óbito ainda não foi disponibilizado aos familiares.

Itens relacionados (por tag)

  • Rita Batista vira princesa da Disney para promover estreia de filme; saiba mais

    A jornalista baiana Rita Batista viveu o sonho de se tornar uma princesa da Disney por um dia. A produção especial da TV Globo para o programa É De Casa foi ao ar no último sábado (23) e promoveu o anúncio de "Wish: O Poder dos Desejos".

    O filme é a mais nova animação da Disney produzida pelo estúdio que realizou "Frozen" e "Moana" para comemorar os 100 anos de existência do Walt Disney Studio. A obra, que chega aos cinemas brasileiros no dia 4 de janeiro, conta com a história de Asha, uma jovem de 17 anos que mora no reino mágico de Rosas, governado pelo Rei Magnífico, onde os desejos da população são realizados através de seus poderes mágicos.

    Para promover o filme na TV aberta, Rita Batista foi convidada a se caracterizar de princesa. Ela contou nas redes sociais como foi o processo e revelou que aceitou logo ao ver a sinopse da história. "Me fizeram o convite, eu aceitei. Eu acredito neste poder. Ele me trouxe até aqui. Quando vi a personagem, o texto, as expressões, as sardas, as conversas com o sobrenatural (assistam!), fiquei louca. Daí foi somente decorar o texto e confiar nessa equipe incrível, capitaneada pelo diretor Leo Takahashi", postou Rita no Instagram.

    Ela contracena com a atriz Clara Moneke e a humorista Dani Calabresa para a produção, que conta ainda com uma boneca idêntica à jornalista baiana. "Esse figurino foi feito especialmente para esse trabalho, olha o capricho de Alessandra Barrios e sua turma. Esse cenário, pensado e executado por Mauro Vicente Ferreira e um pessoal dos bons. Esse cabelo de 2 metros durou 6 horas para ficar pronto e é o resultado do estudo, esforço, execução e excelência do @meuafro_. Minhas queridas Clara Moneke e Dani Calabresa, parceiras de cena, que vivem a magia de Disney faz tempo, foram incríveis", relatou. "O resultado não poderia ser diferente, a fábrica de sonhos que é a @tvglobo fazendo a gente viver o que desejou. Eu sempre soube. Eles se realizam", escreveu a apresentadora.

    A versão brasileira do filme conta com as vozes de Luci Salutes (Asha), Marcelo Adnet (Valentino), Di Ferrero (Coruja), Alcione (Árvore Mãe), Evelyn Castro (Sania), Solange Almeida (Esquilo Fêmea) e Xande de Pilares (Tartaruga).

  • Sem plano de saúde, Ana Hickmann recorre a pronto-socorro do SUS

    Dias antes de denunciar agressão física e violência patrimonial praticadas por Alexandre Correa, de 52 anos, Ana Hickmann, de 42, teria descoberto inúmeros problemas na administração das finanças feita pelo companheiro.

    Correa não pagava o plano de saúde da apresentadora da Record TV e do filho, Alexandre Junior, de 9 anos, há pelo menos cinco meses. Assim, na data em que Ana buscou atendimento médico após ter sido agredida por Correa, ela teve que recorrer a um pronto socorro do Sistema Único de Saúde (SUS). As informações foram reveladas pelo colunista Daniel Castro, do site Notícias da TV.

    Atendimento no SUS
    Segundo a coluna, Ana foi atendida às 19h pelo médico André Luiz Narkevitz Pecini, na Santa Casa de Itu. Ela se queixava de dor no cotovelo esquerdo, que três horas antes ficara preso em uma porta de correr da cozinha de sua mansão enquanto ela tentava se desvencilhar de Correa. Após um raio-x, o médico não encontrou "lesões ósseas agudas", e deu alta recomendando o uso de tipoia.

    A apresentadora permaneceu no local durante uma hora e 20 minutos, período total do atendimento. Ela Chegou e foi embora em um carro da Polícia Militar. O laudo pericial do Instituto Médico Legal confirmou que ela teve "lesões corporais de natureza leve".

    Defesa de Alexandre Correa
    Para a coluna, o advogado de Alexandre Correa, Enio Murad dique que o seu cliente não é responsável pela crise financeira da apresentadora. Ele alega que a crise empresarial Ele afirma que a crise começou durante a pandemia, quando Correa estava afastado dos negócios em tratamento de um câncer. Neste período, a "empresa assumiu obrigações maiores do que poderia assumir". Quando Correa voltou a trabalho ele teria feito empréstimos, mas a situação se agravou.

    Foi nessa época, de acordo com Murad, que Ana passou a tirar do marido o controle de suas empresas, e ele deixou de "segurar as broncas" porque não tinha como pagar as contas, entre elas a do plano de saúde.

  • Sandy fala após boatos de volta com Lucas: 'Absoluta e completa mentira'

    A cantora Sandy negou o boato de que teria desistido do divórcio com Lucas. Ela usou as redes sociais, nesta segunda-feira (20), para desmentir as informações divulgadas na Coluna do Sodré do Correio Braziliense. O jornalista disse que uma fonte próxima havia garantido que os dois haviam decidido reatar o relacionamento.

    "Tudo que saiu sobre a gente desde que postamos isso - e que não foi dito por nós, da nossa boca - é absoluta e completa mentira. Até detalhes aparentemente inofensivos foram inventados e não são inofensivos pra nossa família", disse Sandy.

    A cantora afirmou não haver "fontes próximas", com quem o jornalista alegou ter conseguido a informação. "Isso é recurso barato pra 'eu posso inventar qualquer coisa'", frisou. "Mesmo sabendo que não vamos ser atendidos, voltamos a pedir respeito e privacidade, por favor", disse Sandy.

    O término
    A cantora Sandy e o músico Lucas Lima anunciaram a separação no dia 25 de setembro. No Instagram, eles fizeram uma publicação comentando que não foi uma decisão fácil, mas que não houve brigas, nem mágoas no fim do casamento de 15 anos. Vale lembrar que eles iniciaram o relacionamento ainda na adolescência, juntando 24 anos um ao lado do outro.

    "Não foi uma decisão fácil, nem impulsiva. Foram praticamente 24 anos de relacionamento e 15 anos de casados. Com altos e baixos, às vezes mais felizes, às vezes menos, mas sempre inteiros e dispostos a fazer o nosso melhor. E fizemos. Não teve briga, mágoa, traumas… a gente conseguiu enxergar que esse era o melhor caminho e vamos deixar de ser um casal do mesmo jeito que a gente foi um: com muito amor, respeito e amizade infinita. A família que a gente construiu é pra sempre. E o nosso amor também", diz um trecho do comunicado.

    Ainda no texto, eles pediram para que todos respeitassem esse momento, principalmente devido ao filho, de 9 anos. Por fim, eles agradeceram pela compreensão e os pensamentos positivos sobre o casamento.

    "Precisamos que esse momento tão íntimo, difícil e particular seja vivido com a mesma discrição com que a gente viveu nosso relacionamento tão feliz, tão bem-sucedido. Obrigado pela compreensão e pelos pensamentos positivos que a gente sabe que vai receber de quem gosta da gente. Vai demorar um pouquinho, mas vai ficar tudo bem".

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.