Segunda, 20 Setembro 2021 | Login
Brasil chega a 30% da população completamente vacinada contra a covid-19

Brasil chega a 30% da população completamente vacinada contra a covid-19

O Brasil chegou nesta quinta-feira, 2, à marca de 30% da população completamente imunizada contra a covid-19 - cerca de um mês após ter atingido 20%, no dia 3 de agosto. Ao todo, 64 687.797 (30,32%) pessoas receberam dose única ou duas doses de imunizantes anticovid. Já aqueles que foram vacinados com ao menos uma dose são 133.043.816, o equivalente a 62,37% do total

O País aplicou 2.001.990 doses de vacinas contra a covid nas últimas 24 horas. Foram administradas 868.972 primeiras doses, 1 128.217 segundas doses e 4.801 doses únicas. Os dados foram reunidos pelo consórcio de veículos de imprensa junto a secretarias de 26 Estados e Distrito Federal.

Em termos proporcionais, São Paulo continua sendo o Estado que mais vacinou com a primeira dose até aqui: 73,42% de seus habitantes estão parcialmente imunizados. Enquanto isso, o Mato Grosso do Sul é o que o Estado que possui a maior parcela com imunização completa: 45,26%.

Brasil notifica 776 mortes por covid em 24h; média móvel de vítimas é de 628

Com 776 novas mortes por covid-19 notificadas nas últimas 24 horas, a média móvel de vítimas da doença no Brasil chegou nesta quinta-feira, 2, a 628. É o menor patamar do índice desde o dia 28 de dezembro do ano passado, quando a marca ficou em 617 Além de representar queda de 23% na média móvel de óbitos em comparação há duas semanas.

Ao todo, o País já contabiliza 582.004 vítimas e 20.830.712 diagnósticos positivos de covid-19. Nas últimas 24 horas, foram registrados 27.040 novos casos da doença. Com isso, a média móvel de casos caiu 26% em relação há duas semanas e agora é de 22.196.

Itens relacionados (por tag)

  • Após 15 dias em suspensão, Sesab anuncia recebimento de novas doses da Astrazenca

    Após duas semanas de suspensão, a Bahia já tem data para receber novas doses da vacina Astrazeneca/Fiocruz. Corforme anunciado pela Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), uma carga com 95.250 novas doses do imunizante chegará ao estado na tarde desta quinta-feira (16).

    O novo lote desembarcará no Aeroporto de Salvador dois dias depois da Fundação Osvaldo Cruz (fFiocruz) retomar a produção do imunizantes, que ficou suspnso devido a falta de Insumo Farmacêutico Ativo (IFA). Até terça, a Sesab ainda não tinha previsão de quando receberia.

  • Avião cai e sete pessoas morrem no interior de São Paulo

    As sete pessoas que estava na aeronave King Air 360 que caiu em Piracicaba, interior de São Paulo, na manhã desta terça-feira (14), morreram. Além dos dois tripulantes, os cinco passageiros, todos da mesma família, tiveram os corpos carbonizados e vieram a óbito ainda no local.

    Dentre estas estava o empresário Celso Silveira Mello Filho, que era sócio da empresa Raízen (referência internacional em bioenergia), acionista da Cosan (um dos maiores conglomerados sucroalcooleiros do mundo) e ex-presidente do clube de futebol XV de Piracicaba.

    Em nota, a Raízen confirmou a fatalidade. "Celso era acionista e irmão do presidente do Conselho de Administração da companhia, Rubens Ometto Silveira Mello."

    Segundo a empresa, também estavam no avião a esposa de Celso, Maria Luiza Meneghel, seus três filhos, Celso, Fernando e Camila, o piloto Celso Elias Carloni e o copiloto Giovani Gulo.

    Veja a lista de vítimas:

    Celso Mello, empresário, 73 anos;

    Maria Luiza Meneghel, esposa de Celso, 71 anos;

    Camila Meneghel Silveira Mello Zanforlin, filha, 48 anos;

    Celso Meneghel Silveira Mello, filho, 46 anos;

    Fernando Meneghel Silveira Mello, filho, 46 anos;

    Celso Elias Carloni, piloto, 39 anos;

    Giovani Dedini Gulo, copiloto, 24 anos.

    Acidente
    A queda foi em uma área verde próximo à Faculdade de Tecnologia do Estado de São Paulo (Fatec), no bairro Santa Rosa. Com a queda, teve início um incêndio na mata ao lado da Fatec.

    Após atingir alguns eucaliptos durante a queda, a aeronave explodiu e teve início um incêndio na mata. Policiais e bombeiros foram enviados ao local para controlar as chamas e a área foi isolada.

    Conforme testemunhas, o bimotor perdeu altura e acabou caindo em uma área de mata no bairro Santa Rosa, depois de se chocar com alguns eucaliptos.

    A explosão causou um incêndio no local, que fica próximo à Faculdade de Tecnologia.

    Equipes do Corpo de Bombeiros encontraram o avião em chamas e constataram que não havia sobreviventes.

    Mesmo assim, equipes do Samu estiveram no local. A área da queda fica atrás de um condomínio residencial.

    O delegado do 5º Distrito Policial, Fábio Rizzo de Toledo, acompanhou as buscas a possíveis sobreviventes. Segundo ele, o avião havia decolado do Aeroporto de Piracicaba e caiu logo em seguida, por volta das 9 horas.

    Toledo disse que serão necessários exames para a confirmação da identidade das vítimas e a liberação dos corpos, já que os corpos ficaram carbonizados. A Polícia Civil vai apurar em inquérito as causas do acidente.

    A Força Aérea Brasileira (FAB) informou, em nota, que o Quarto Serviço Regional do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) foi acionado e já enviou uma equipe de peritos para o local em que a aeronave de matrícula PS-CSM se acidentou.

    "Na ação inicial, os investigadores investigam indícios, fotografam cenas, retiram parte da aeronave para análise, ouvem relatos de testemunhas e reúnem documentos." Conforme o órgão, a conclusão das investigações terá o menor prazo possível.

    A morte do empresário, membro de uma família que é referência no agronegócio brasileiro, causou grande repercussão em Piracicaba. Além de acionista da Cosan, Celso era irmão do presidente do Conselho de Administração da Cosan, Rubens Ometto Silveira Mello.

    O prefeito Luciano Almeida (DEM), que esteve no local do acidente, informou que decretaria luto oficial. Com informações do Estadão Conteúdo.

  • Bahia recebe mais de 310 mil doses de vacinas na manhã desta segunda (13)

    O estado da Bahia recebeu mais uma remessa de vacinas contra a Covid-19 nesta segunda-feira (13). De acordo com a Secretaria de Saúde estadual (Sesab), um voo comercial pousou por volta das 9h35, no aeroporto de Salvador, com um carregamento contendo 310.050 doses de Pfizer/BioNTech.

    Com esta nova carga, a Bahia chegará ao total de 17.905.768 doses de vacinas recebidas, sendo 6.653.518 da Sinovac/Coronavac; 6.751.580 da Oxford/AstraZeneca; 4.099.170 da Pfizer e 261.100 da Janssen.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.