Domingo, 24 Outubro 2021 | Login
Prefeitura de Salvador vai exigir 2ª dose para acesso ao Réveillon e ao Carnaval

Prefeitura de Salvador vai exigir 2ª dose para acesso ao Réveillon e ao Carnaval

Quem está com saudade de festas, deve manter a vacinação contra a covid-19 em dia. Isso porque o prefeito Bruno Reis afirmou que, caso o Réveillon e o Carnaval aconteçam nos próximos meses, será exigido o certificado de vacinação.

Ou seja, para ter acesso às festas, será necessário ter concluído o ciclo de imunização com as duas doses ou a dose única. A confirmação das festas deve acontecer neste mês de outubro, a depender do avanço da vacinação e do impacto da variante delta na capital.

"Eu espero ainda no mês de outubro, dar início a essa discussão do Réveillon e do Carnaval. E vamos exigir, pelo menos, para ter acesso, as duas doses da vacina. Então a festa dp Réveillon será em um espaço fechado e para as pessoas terem acesso, terão que ter as duas doses. E no carnaval, a gente coloca as barreiras para fazer as revistas para garantir as restrições das marcas, e, se for possível ser feito carnaval, iremos exigir também a comprovação da vacinação. Esses eventos terão que ter esses protocolos", explicou o prefeito nesta segunda-feira (4).

Bruno ressaltou que discorda da posição do prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, de não vai exigir nenhum protocolo nos eventos. "Primeiro, o Rio de Janeiro nunca foi parâmetro para as nossas decisões. O Rio durante a pandemia sempre teve uma permissividade muito maior do que a média geral dos outros estados e outras capitais, mas lá o Rio recentemente foi a cidade mais impactada com a variante delta. Eles restabeleceram leitos, tiveram aumento de casos e se o prefeito dá uma mensagem nesse sentido, a própria vairante delta não trouxe as consequências que os cientistas aguardam trazer. Mas eu discordo dele nesse aspecto [de não ter protocolos].

Itens relacionados (por tag)

  • Prefeitura lança novo programa de requalificação de espaços públicos

    A Prefeitura preparou um pacote de intervenções para conservação e requalificação de espaços públicos, por meio do programa Salvador no Grau. A iniciativa terá investimento de cerca de R$43 milhões e alcançará ruas, avenidas, praças, parques e a orla marítima da cidade. As medidas foram anunciadas pelo prefeito Bruno Reis nesta segunda-feira (18), durante coletiva à imprensa na Praça Lord Cochrane, na Avenida Garibaldi.

    A ação envolve a Secretaria de Manutenção (Seman), a Companhia de Desenvolvimento Uma Urbano de Salvador (Desal) e a Superintendência Municipal de Obras Públicas (Sucop). As intervenções vão ocorrer durante 45 dias, nos meses de outubro e novembro, para requalificação dos sistemas de iluminação, ordenamento, manutenção e na reforma dos terminais de Plataforma e da Ribeira.

    "Ao longo dos últimos nove meses o trabalho permanente de manutenção da cidade não parou. Foram investidos R$70 milhões no setor, muito por conta das chuvas que ocorrem com intensidade maior entre os meses de abril e agosto. Por causa disso, os buracos nas vias ocorrem com maior frequência. Diversas recomposições que ocorrem devido à necessidade de manutenção", explicou o prefeito.

    O programa prevê uma série de ações que ocorrerão nesse período em toda a cidade, com ênfase na orla marítima, parques e praças, vias de base de tráfego, viadutos, iluminação, recuperação de passeios, terminais e sinalização de vias. De acordo com o chefe do Executivo Municipal, o objetivo é preparar a cidade para o final do ano, quando a capital costuma receber um fluxo maior de turistas, além da frequência maior de soteropolitanos nos espaços públicos

    "Somente no recapeamento serão investidos R$15 milhões para substituição de asfalto em diversas vias. Vamos fazer esbojamento, que é a correção da ondulação na pista, muito comum em pontos de ônibus, provocados por veículos pesados. Estes locais receberão piso em concreto, para evitar refazer o serviço, optando por uma solução definitiva", completou Bruno Reis.

    Demais ações – O programa prevê a recuperação de 105 praças, além de parques, como o dos Ventos, na Boca do Rio. Da mesma forma, os viadutos receberão melhorias, como corrimãos e guarda corpos, proporcionando mais segurança aos pedestres que passam por esses equipamentos. A iniciativa prevê ainda a recuperação de passeios desgastados – os de responsabilidade de particulares caberá ao proprietário. O programa promoverá ainda a sinalização das vias, requalificação das faixas de pedestres e a sinalização vertical e horizontal.

    No ordenamento público, será intensificada a fiscalização do comércio informal. Os terminais marítimos receberão intervenções pontuais e a iluminação pública será melhorada, com a substituição de pontos de vapor de sódio por LED.

    "Nunca se investiu tanto na manutenção da cidade como estamos fazendo agora. Estamos falando em R$113 milhões durante um ano, para recuperação da cidade. A cada ano teremos que investir mais", finalizou o prefeito.

  • Salvador suspende vacinação contra covid para realizar Dia D de Multivacinação

    Acontece neste sábado (16), das 8h às 16h, o Dia D da Campanha de Multivacinação em Salvador. No total, serão disponibilizados 108 pontos de imunização espalhados por toda a cidade, onde as crianças e adolescentes de 0 a 14 anos, 11 meses e 29 dias poderão atualizar a caderneta vacinal. Para reforço à estratégia, a aplicação da vacina contra covid-19 estará suspensa na cidade amanhã.

    Iniciada em 1º de outubro, cerca de 6 mil crianças e adolescentes já procuraram os postos de saúde da rede municipal para atualização da caderneta vacinal durante a estratégia. Desse total, cerca de 5,4 mil crianças e adolescentes necessitaram receber a dose de algum imunizante do calendário básico que estava em atraso.

    O Dia D é mais uma oportunidade desse público ter acesso aos imunizantes contra Hepatite A e B, Poliomielite, Meningococo tipo C e ACWY, diarreia por rotavírus, Papilomavírus-HPV, pneumonias, febre amarela, varicela, difteria, tétano, coqueluche, sarampo, caxumba, rubéola e formas graves de tuberculose.

    “Estaremos com equipes mobilizadas em toda cidade para oferta das vacinas do calendário básico. Convocamos os pais que levem os filhos de até 14 anos 11 meses e 29 dias aos pontos de imunização para as equipes avaliarem a necessidade de atualização da caderneta vacinal. Nesse período de pandemia, pudemos comprovar mais uma vez a importância da imunização para prevenção dessas patologias”, explica a subcoordenadora de Doenças Imunopreveníveis, Doiane Lemos.

  • Parques municipais voltarão a abrir aos domingos e ficarão fechados às segundas

    Para quem não via a hora de poder voltar a frequentar os parques da cidade aos domingo, uma boa notícia: a partir deste fim de semana, os parques municipais passarão a funcionar também aos domingos. A exceção, desta vez, será nas segundas-feiras, que ficarão fechados para manutenção. A mudança foi publicada no Diário Oficial do Município (DOM), que informa a alteração do artigo 5º do Decreto nº 34.124, de 8 de julho de 2021 – data de reabertura dos parques após quatro meses fechados.

    “Estamos acompanhando os números da pandemia na cidade e entendemos que já podemos flexibilizar o acesso da população aos domingos nos parques, sem perder de vista os cuidados sanitários que ainda precisam ser seguidos. Sabemos da importância que esses espaços têm para o bem-estar físico e mental dos cidadãos, por isso, com o avanço da vacinação, estamos mais seguros para darmos mais esse passo”, afirma a titular da , Secretaria de Sustentabilidade e Resiliência (Secis), Edna França.

    Os parques da Cidade (Itaigara) e o dos Ventos (Boca do Rio) funcionarão de terça a sábado, das 5h às 22h, e domingos e feriados, das 5h às 19h. No Stiep, o Parque da Lagoa dos Pássaros funcionará de terça a domingo, de 5h às 19h, inclusive feriados.

    No Parque da Lagoa dos Dinossauros, também localizado no Stiep, o horário para visitação continua o mesmo, das 8h às 17h. A novidade é que, a partir do próximo dia 26, não será mais preciso agendar a visita de terça a quinta-feira, ficando o acesso livre nesses dias. As visitas agendadas para antes dessa data estão garantidas.

    Já às sextas-feiras, aos sábados, domingos e feriados, o agendamento prévio está mantido através do endereço lagoadosdinossauros. salvador. ba. gov. br . Para os próximos domingos, 17 e 24 de outubro, novos agendamentos já podem ser feitos. O limite é de 200 pessoas para cada horário disponível.

    O Jardim Botânico, em São Marcos, se mantém de segunda a sexta, das 8h às 17h. Já o Parque das Dunas, em Praia do Flamengo, funcionará de 8h às 17h, de segunda a sexta, e no sábado, de 8h às 13h. A entrada neste último local também acontece mediante agendamento, através do telefone (71) 98888-0108 ou pelo perfil do Instagram @parquedasdunassalvador.

     

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.